Saúde do Amazonas tem R$ 3 bilhões e entra em colapso

0
8







MGID X*XX*SE**X
  • 🔴 Wilson Lima é o homem errado na hora errada no local errado fazendo coisas erradas. O erro em estado natural. O erro em si mesmo

O sistema de saúde do Amazonas não resistiu a um mês de Covid-19 para colapsar. Tudo por falta de investimentos e de gestão competente. Com orçamento de R$ 3 bilhões, a Susam tem hoje menos leitos de UTIs que cidades do interior de São Paulo. São 0,64 leitos para cada 10 mil habitantes, no momento em que o Estado está entrando na fase da epidemia com a aceleração descontrolada do número de casos.

  • ✅ Sistema paralisado

Até a tarde de sábado eram 311 casos confirmados, mais de mil casos suspeitos e 12 mortes. São 7,4 casos para cada grupo de 100 mil habitantes, o que deixa o Amazonas entre os quatro estados com maior número de infectados proporcionalmente. E para complicar, o Governo não instalou um hospital de campanha asfixiando ainda mais o Hospital Delphina Aziz, a unidade de referência do coronavírus em Manaus.

  • ✅ Dinheiro pela janela

O governador Wilson Lima torrou no primeiro trimestre deste ano R$ 736 milhões da poupança do Estado, para pagar dívidas de exercícios anteriores, até do Governo José Melo. Esses recursos seriam suficientes para montar mais de mil leitos de UTI ou comprar 15 mil respiradores mecânicos. Centenas e centenas de vidas poderiam ser salvas se a prioridade fosse à saúde e não o pagamento de dívidas antigas.

✅ Discurso pela TV

Antes do Amazonas registrar o primeiro caso de coronavírus, Wilson Lima foi pra tv e garantiu que o Amazonas estava preparado para atender a população. Bastou um mês para mostrar que ele não estava falando a verdade.

  • ✅ Carlos, o secretário de fato

A estrutura caótica não é novidade para quem mora em Manaus. Wilson Lima foi eleito prometendo tirar o sistema do caos e escalou o seu vice, Carlos Almeida, para comandar a saúde. Carlos fracassou. Pediu demissão três meses depois, mas deixou sua equipe e seu indicado no comando da Susam. Carlos é o secretário de saúde de fato. (Confira o vídeo)

  • ✅ Desespero de profissionais

O Portal Único, recebeu nos últimos dias, apelos desesperados de profissionais de saúde. Um desses é do Pronto Socorro Joãozinho. Diz a mensagem: “A diretora do Joãozinho testou positivo pra corona. Toda ADM está em quarentena. E ela não quer dispor os EPIs (Equipamento de proteção individual) pra gente. Só estão dando pros médicos que exigem”.

  • ✅ Amazonino se posiciona

O ex-governador Amazonino Mendes (Podemos) usou as redes sociais no sábado (4/4) para pedir apoio no combate ao Covid-19. Se disse preocupado com o avanço do número de pessoas diagnosticadas com a doença e pediu união dos amazonenses. Amazonino fez um apelo à população para que fique em casa.

  • ✅ Artur exonera auxiliares

O prefeito Artur Neto exonerou cinco secretários e subsecretários que vão disputar eleição para a Câmara de Manaus. São eles: Rodrigo Guedes, que ocupava o cargo de secretário de Defesa do Consumidor e Ouvidoria (Procon Manaus); Socorro Sampaio (subsecretária de Políticas Afirmativas para as Mulheres e de Direitos Humanos); João Carlos Santos Mello (da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer); Sildomar Abtibol (subsecretário de apoio às comunidades); e José de Arimatea Moreira Viana, que ocupava o cargo de vice-presidente de Habitação e Assuntos Fundiários.

  • ✅ Troca-troca partidária

Terminou no sábado o prazo para filiação partidária de quem pretende disputar as eleições municipais deste ano. O PL, de Alfredo Nascimento, perdeu os vereadores Fred Mota, Mirtes Sales e Cláudio Proença, mas ganhou os vereadores André Luiz, Glória Carrate e Professor Samuel.

  • ✅ Podemos reforçado

O Podemos, de Amazonino e Wilker Barreto, filiou os vereadores Marcel Alexandre, Roberto Sabino e Professora Jaqueline.

  • ✅ Caio André

No Governo do Estado, Caio André, diretor-presidente da Fundação Amazonas de Alto Rendimento, Ligado à Secretaria de Educação, pediu demissão. Caio vai tentar ser vereador.

ALl Video 4you MGID